Working Cafe
Ondjila Logo.png

ONDJILA significa caminhada na língua Umbundo e o Projecto Liderança Feminina em Angola, em parceria com a Organização Big Muxima decidiram fazer esta caminhada de transformação convidando 7 jovens Mulheres com idades compreendidas entre os 19-23 anos, que se encontram ainda em lares ou casas de acolhimento e com o apoio de 7 mentores com elevada experiência profissional, fazendo um passo de cada vez na transformação e no crescimento destas meninas, apoiar a sua integração à vida activa, por via de desenvolvimento das suas competências interpessoais e técnicas.


Num programa que deveria ter a duração de 7 meses, fomos confrontados com a necessidade de prolongar. Já foi realizada uma primeira caminhada, mas é importante e urgente continuar para que possam apreender e pôr em prática os conhecimentos adquiridos.

Os primeiros 7 mentores que se disponibilizaram para esta primeira caminhada

  1. Eva Santos

  2. Rui Fernandes

  3. Dicla Burity

  4. Sara Lopes

  5. Lúcia Stanislas

  6. Sandra Dias

  7. Jose Carlos da Silva

A transição dos centros de acolhimento/orfanatos para a vida independente reveste-se de muitos desafios, começando ainda antes destas meninas deixarem os centros. A maioria das crianças que entram para os centros de acolhimento/orfanatos em Luanda/Angola possuem experiências de negligência e violência, existindo um número significativo de jovens que sofre mais do que um tipo de maus-tratos. Estes jovens experienciam vários traumas, o que influencia a sua capacidade de desenvolver vínculos e relacionamentos saudáveis. Tudo isto pode levar ao isolamento social e à falta de recursos fornecidos por relacionamentos que auxiliam no crescimento e ajustamento de um indivíduo ao longo do tempo. Para a maioria dos jovens em centros de acolhimento, não existe uma rede de segurança com a qual possam contar durante a transição para a independência. Para os jovens fora do sistema de acolhimento, os pais ou os seus parentes assumem este papel de alguém em que os jovens podem confiar quando passam por períodos difíceis ou quando precisam de ajuda para encontrar emprego ou concluir os estudos, etc. A vida dos jovens em centros de acolhimento pode ser muito mais incerta, deixando-os sem conexões e apoio social.

 

Liderança Feminina em Angola e a Org. Big Muxima têm incorporado os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) aprovados pela ONU em Setembro de 2015 na sua estratégia e sistema de governação da organização.

 
Os ODS são 17 objectivos divididos em 169 metas, que exigem uma acção global para acabar com a pobreza, preservar o planeta e melhorar a vida e as perspectivas de todas as pessoas até 2030. Foram aprovados a 25 de Setembro de 2015 pelos Estados Membros das Nações Unidas como parte de uma nova agenda de desenvolvimento sustentável: Agenda 2030.

O Programa de Mentoria Ondjila vem satisfazer os Objetivos 4, 5, 8 e 17.

1ª FASE DO PROGRAMA ONDJILA

Como projeto piloto, tinha o objetivo de desenvolver competências de liderança e empreendedorismo na aquisição de conhecimentos específicos dentro destas áreas. Empoderar jovens mulheres, ensinando-lhes as habilidades que ajudarão a saber quem são e como expressar todo o seu potencial, de forma a capacitá-las para criar uma mudança no mundo, pensando no HOJE, pensando em Angola, mas projetando o amanhã, o futuro.

 

PÚBLICO-ALVO

  1. Ana Afonso

  2. Esperança

  3. Ester

  4. Ambrosina

  5. Evangelista

  6. Julieta

  7. Ermelinda

 

O nosso público-alvo são 7 jovens Mulheres, 5 continuam a viver no centro de acolhimento, Mamã Muxima em Luanda, as outras 2 meninas, também viveram no mesmo centro, mas estão neste momento a viver com famílias que as acolheram.

DURAÇÃO

Inicialmente estava previsto 7 meses (de 14 de Agosto 2020 a 8 de Março de 2021), chegamos a conclusão que precisaríamos mais tempo. Dessa forma, decidimos não estipular tempo, a relação estabelecida com as meninas vai durar o tempo que tiver que durar, os mentores estão confortáveis com a ideia de dar continuidade sem estipular tempo e já estávamos a preparar a entrada de mais meninas e mais mentores.

2ª FASE DO PROGRAMA ONDJILA?

  • Estabelecer uma data para o arranque da segunda fase

  • Definir o processo de seleção por convite de novos mentores

  • Definir o processo de seleção de novas mentoradas, obedecendo o critério inicial - Jovens Mulheres com idades compreendidas entre os 19-23 anos, que se encontram ainda em lares ou casas de acolhimento

  • Marcar um primeiro encontro só entre mentores e a organização para se apresentar o projecto e falaremos sobre os objetivos e as metas.

  • Marcar um segundo encontro para a apresentação das novas mentoradas

  • Avaliações periódicas com base nos desafios lançados

  • Avaliação Final

  • Dar início a segunda fase

APOIOS URGENTES PARA ESTA 2ª FASE

Estabelecer contacto com empresas em Angola e/ou no exterior do país que queiram ajudar este programa de mentoria de forma a facilitar os trabalhos entre os mentores/as e as mentoradas, ajudando a criar o impacto desejado para o desenvolvimento destas jovens mulheres.

AS PRINCIPAIS NECESSIDADES NESTE MOMENTO:

  • Computadores (Novos ou usados)

  • Ligação a internet através de um dos provedores de sinal em Angola, patrocinando a ligação durante um período de pelo menos 1 ano, enquanto decorrer o programa Ondjila

  • Livros de apoio / material escolar

  • Vagas para estágio dentro das empresas que queiram disponibilizar essa opção, dando a oportunidade a estas jovens mulheres de começarem por um ponto

 

MENTORIA PARA JOVENS MULHERES QUE VIVEM EM CENTROS DE ACOLHIMENTO, TEM CARACTERÍSTICAS EXCLUSIVAS:

 

  • Os/as mentores/as devem ter a consciência de que a sua mentorada pode ter problemas no desenvolvimento de uma relação de confiança e próxima consigo devido às suas experiências de negligência ou violência passadas;

  • Tanto os/as mentores/as como as mentoradas devem ter um bom apoio por parte da equipa do programa;

  • Uma abordagem que vá para além da construção de relacionamentos de mentoria, ajudando os/as jovens a desenvolver competências de vida, tais como a resolução de problemas e estabelecimento de objetivos, formação profissional, gestão financeira e doméstica e a procura de alojamento

  • Estabelecimento de redes e vínculos com recursos e serviços da comunidade que permitam ao/à jovem uma transição bem-sucedida para uma vida independente quando saem do sistema dos centros de acolhimento

OBJETIVOS DO PROGRAMA ONDJILA

  • Contribuir para o desenvolvimento de jovens mulheres que vivem num centro de acolhimento em Luanda;

  • Estimular e aumentar o networking e as relações de troca de experiências dentro do universo empreendedor em Angola e noutras geografias;

  • Proporcionar novas perspetivas sobre novos negócios e desafiar para a inovação através de discussões construtivas;

  • Desenvolver habilidades e competências;

  • Melhorar a autoconfiança ao agir e tomar decisões;

  • Dar e receber feedbacks de forma positiva;

  • Alcançar metas em menos tempo;

  • Aumentar o desempenho e a produtividade;

  • Aprender a lidar com as falhas de forma mais positiva;

  • Adquirir nova perspetiva profissional;

  • Definir objetivos de carreira;

  • Identificar pontos fortes e fracos;

  • Qualificar o networking;

  • Reduzir níveis de stress;

  • Identificar limites e bloqueios;

  • Gerir melhor o tempo;

  • Criar planos de ações visuais;

  • Dominar ferramentas estratégicas de inovação;

  • Proporciona fontes de apoio, incentivo e resoluções de problemas para questões complexas;

ODS 4 Eng.png
ODS 5.png
SDG-icon-PT-RGB-08-1.jpg
ods17.png
Muxima means Heart in Kimbundo which is one of the Bantu Language spoken in some regions in Angola